NOC, o que é e como funciona?

Todo ambiente de Tecnologia da Informação (TI) requer cuidados constantes para que se mantenha rápido e eficiente. Além disso, requer investimentos em tecnologia para que a empresa continue competitiva no mercado. E todos os processos internos das empresas são sustentados por tecnologia, abrangendo todos os setores, que vai desde produção até a área comercial. Por isso é tão importante que a Infraestrutura de TI seja monitorada. Para evitar que um usuário final identifique um erro na infraestrutura de TI antes da equipe responsável por este ambiente é aconselhável, muitas vezes, o monitoramento através de uma estrutura de NOC, também conhecido como Network Operation Center.

Efetivamente, o objetivo da central de operações de rede é monitorar toda a infraestrutura de TI para descobrir a existência de problemas no momento em que eles ocorram. Desta forma, é possível tomar providências para evitar que um erro de tecnologia gere perdas financeiras para a organização.
O NOC vem fortalecendo cada vez mais sua necessidade e presença nas empresas, e o motivo do crescimento são vários. Os principais são a disponibilidade e a estabilidade da infraestrutura de rede, segurança e rápida resolução de problemas, contando ainda com um enorme esforço de prevenção.
Com o avanço tecnológico rápido e constante, aliado ao aumento das demandas, o NOC já ocupa o lugar de ativo valioso para manter as operações de um negócio.

O que é NOC?

O NOC é um Centro de Operações de Redes. Ou seja, é uma estrutura de profissionais especializados em monitoramento e gestão dos eventos de TI. Um local dedicado à gerenciar uma rede inteira de uma empresa. Assim, computadores, banco de dados, servidores e demais dispositivos de rede, são protegidos 24 horas por dia, 7 dias por semana.
De certa forma, é possível dizer que tudo que está conectado à rede passa a fazer parte do guarda-chuva de segurança do NOC. E toda a equipe deve atuar em um modelo com processos bem definidos, visando manter o ambiente o mais estável possível.
A equipe que desenvolve o monitoramento, o NOC é responsável pela execução de scripts para estabilização de incidentes de maneira imediata. Também gera conhecimento a ser documentado para que a estrutura aprenda com o histórico de eventos. Ou seja, gera relatórios de melhorias necessárias.
Os relatórios de disponibilidade, capacidade/performance, sumário de alertas, gerenciamento de nível de serviço e a previsão futura são algumas das ferramentas utilizadas por uma equipe de NOC para atuar de modo proativo.
Com o fim de evitar problemas futuros a partir de conhecimento existente, os profissionais também realizam rotinas específicas ao ambiente para garantir a segurança das informações. Atividades rotineiras de backup e atualização de licenças e softwares de segurança são bons exemplos dessas atividades.

Como ele funciona?

No NOC, todo o processo de gestão de TI e monitoramento é realizado por equipes certificadas, em uma central de operações própria, que pode ser interna ou terceirizada. Esses processos contam com ferramentas específicas para gerenciar o ambiente de TI, criar relatórios e soluções eficientes contra qualquer ameaça de falha.
Através do NOC, a hierarquia de processos garante que cada ação seja especialmente calculada e planejada, sempre proporcionando maior eficiência.
Geralmente, o NOC possui um protocolo específico de atendimento (SLA) que determina como o trabalho dos profissionais deve ocorrer. Portanto, as equipes são preparadas para agir de forma ágil dentro de seus SLAs, garantindo todos os níveis de segurança para a rede da empresa.

A importância da implantação do NOC

A gestão de TI, quando auxiliada pelo NOC, possui maior visibilidade dos processos. Problemas, falhas, ameaças de vírus e malwares são identificados de antemão e, conforme o SLA, eliminados. Ou seja, para o NOC, manter a estabilidade produtiva dos ambientes digitais do cliente é essencial.

A vantagem

Através do NOC é possível entender quais são os pontos fortes e, principalmente, as oportunidades de melhoria na rede. Ou seja, para a empresa, o NOC é um recurso que ajuda dimensionar investimentos com eficiência, sem apelar para soluções incompatíveis ou que não servirão às reais necessidades.
Sem contar que a empresa libera sua própria equipe interna de TI para focar em questões estratégicas do negócio. Afinal, todo suporte e monitoramento fica à cargo da equipe de NOC. Esse é um dos fatores que mais leva pequenas e médias empresas a adotarem o serviço em seus planejamentos.
Como dissemos no começo desse conteúdo, há alguns anos, o serviço era crucial nas grandes empresas, que precisavam de uma solução completa, robusta para sua rede. Geralmente, esses negócios possuíam infraestruturas de TI muito complexas, mas pouco interligadas. Então, era necessário manter tudo em ordem através de um serviço de gerenciamento desse tamanho.
Atualmente o NOC já abrange empresas de menor porte, pois garante que os serviços digitais dela se mantenham estáveis. Essa condição é crucial para que os negócios atuais — e, provavelmente, futuros — funcionem.

Como o NOC pode ajudar a sua empresa?

O NOC age de diversas formas, impactando a rotina de uma empresa ao melhorar vários pontos específicos do ambiente digital. O ganho de eficiência, segurança, redução de custos e estabilidade vem de ações como:
– Diminuição de interrupções e quedas na rede, potencializando a produtividade geral.
– Manutenção ativa e detecção precoce de falhas de segurança, estabelecendo uma rede 100% segura.
– Economia de tempo, o que ajuda nos negócios e também na redução de custos.
– Coleta de dados realizados automaticamente, agregados em relatórios detalhados e assertivos.
– Proatividade na resolução de problemas, já que a equipe está em constante monitoramento.
Todos esses pontos cooperam para maiores índices de satisfação dos usuários, que estarão livres de pequenos problemas (especialmente o setor de TI, quando o serviço é terceirizado) para executar suas tarefas.
As vantagens da terceirização do NOC
O mercado se move de forma constante e nem todas as empresas conseguem acompanhar o ritmo. Um dos maiores motivos é a limitação da área de TI, que não está preparada para assumir maiores demandas de suas capacidades.
Assim, algumas empresas ainda escolhem utilizar o NOC internamente, mas a terceirização é uma boa opção para as companhias que buscam e necessitam de menores custos e foco completo da equipe interna.
O NOC terceirizado possibilita que as companhias entendam e trabalhem dentro das suas limitações, potencializando resultados atuais. Além disso, elas passam a compreender exatamente quais investimentos devem ser feitos para, de forma escalável, melhorar sua infraestrutura de TI.
Serviços como o NOC atuam no âmbito operacional e de suporte, garantindo que a empresa atue 100% em busca de melhores resultados, focando esforços em seu core business.
As vantagens do NOC atraem empresas de todos os tamanhos, prontas para abraçarem um crescimento escalável e modernizarem seus processos. Esse conteúdo faz sentido para a sua empresa? Você sente que precisa de um monitoramento? Fale com nossa equipe de especialistas. E continue conhecendo mais sobre o mercado e as soluções de TI em nosso blog!
Menu